domingo, maio 13

Pra Juliana cantar no carnaval

e não me importa mais agora
eu já não penso tanto assim também já passou da hora
para falar sobre o tempo das flores há de se ter ao menos minúcias de primavera
mas é inverno
mas é inverno
visto o meu capuz londrino e ando pelos caminhos mais inóspitos
que é onde você sempre está com a cabeça na lua
não vai à praia, não toma chuva, não dança nua durante o banho
não lê revistas, não fala gírias, não canta Chico e ainda me chama de estranho
você é música que não se toca
e eu me recuso a cantar para o mundo que esta sua estranheza arrebata-me inteiro
é que ninguém vai me entender mesmo...
é que ninguém vai me entender mesmo...
e não me importa mais agora
eu já não penso tanto assim também já passou da hora
para falar sobre o tempo das flores há de se ter ao menos minúcias de primavera
mas é inverno
mas é inverno
repousaremos nossos pensamentos em cálidas paisagens
enquanto sonhamos acordados embaixo deste cobertor de lã

12 comentários:

Marla de Queiroz disse...

Se eu inventei essa história,
você desenvolveu todo o roteiro
então me tire o sono,
não o sossego
e me dê alguma certeza,
não essa esperança já tão desanimada...
*
Lembra disso?

E hoje eu falo dos domingos...
Vamos escrever algo juntos que possa ser musicado?

Tantos beijos em vc que eu gosto tanto, tanto.

diovvani mendonça disse...

Embaixo de um cobertor de lã
há muita poesia a ser tecida
para os amanhãs.

"para falar sobre o tempo das flores há de se ter ao menos minúcias de primavera
mas é inverno
mas é inverno"

Isto, o bom mesmo é quebras às regras e seguir violando canções.

AbraçoDasMinas.

diovvani mendonça disse...

Digo: quebrar.

Angelo disse...

Como diria Paula: "Eita moleque bão da porra"!

Marla de Queiroz disse...

Eu topo!rsrsrsrs...

bella disse...

as letras de quando já se passa da hora, mas não tanto assim.
a mary (deLírios) me pediu pra vir aqui te ler. como eu não descobri esse cantinho antes? :)
continue escrevendo...

(www.interludio.blogger.com.br)

fabio jardim disse...

nesse aqui destaco as imagens criadas a cada linha, compondo um ambiente nítido.

Beanes disse...

porra. isso é música. vc tem que ter isso musicado e pelo que soube, com a voz q tem, é uma linda música.
meus encantos mandados daqui, meu caro.

Marla de Queiroz disse...

E vc com seus comentários-poesias invadindo meu mundo quando eu finjo minha ausência...pra te espreitar matando curiosidades.

Beijos, lindo!

Jefferson P. disse...

cantei suas palavras.. sinto muito!
cantei, fiz música.. e tudo mais...

Abrçs de poeta!

açucar união disse...

muito bom, a repetição deu bela melodia a esse canto de inverno!

abraços
LJ

Mary disse...

Este é Maravilhoso! Gostei das Julianas em teus escritos! :)

Um tempo que já passou... e pensamentos ainda quentes.

:***